sábado, 23 de janeiro de 2010

Meus braços meus abraços


Nao venha pedir para que eu abandone a minha tristeza,
estou muito bem assim...
O ceu lilas e as gotas de chuva me fazem bem,
sao como um elixir para meus olhos cansados...

Nao peço para que me entendas,
nem mesmo aceite meus espinhos,
somos diferentes e ponto final...

apenas respeite meus dias vaos
em que fico tentando me achar nas entrelinhas de um livro qualquer,
ou nas letras empoeiradas daquela cantora triste e esquecida pelo tempo;

A tempestade esta chegando
e eu nao tenho para onde correr
Meus braços, meus abraços
minha armadura;

Um comentário:

keka disse...

- apenas respeite meus dias vãos
em que fico tentando me achar nas entrelinhas de um livro qualquer,
ou nas letras empoeiradas daquela cantora triste e esquecida pelo tempo -

*--*