sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010


Para a minha mae:

Segue o teu destino
Rega as tuas plantas
Ama as tuas rosas
O resto é a sombra de árvores alheias...(Fernando Pessoa)

Nao se apague por completo,
ha uma janela imensa no seu quarto,
esperando ser aberta...

2 comentários:

luuh disse...

Olá
sem sua permissão eu pus o seu blog no link dos blogs que eu mais gosto no meu blog..
acho mto legal o que vc escreve
beijao
e parabéns

Anônimo disse...

Infelizmente as mães tendem a apagar-se para iluminar sala, cozinha, varanda e toda a casa, e sempre esquece de abrir as janelas do próprio quarto, deixar o ar entrar, o cheiro dos jasmins, a claridade...mãe sempre ilumina a tudo e a todos, menos a sí própria.
Como mãe, adorei que tenhas lembrado das janelas fechadas de tua mãe, não nos apagamos nunca, apenas adiamos a luz...
Beijo